Moto-Turista ou Moto-Ciclista ?

Não que eu tenha, prazer ou mania de rotular pessoas, mas observar e admirar sim! E muito.

 

Alguns comportamentos são tão peculiares nos moto viajantes que eu já posso arriscar dizer qual tipo você é somente pela conversa ou jeito de olhar.  Ao iniciar um tour seja ele de 10, 15 ou 90 dias é sempre o início de uma história nova e uma relação que tem que ser forjada para o bem e para o prazer indiscutível de todos os envolvidos, sejam eles participantes ou coadjuvantes dessa história, como frentistas, recepcionistas, atendentes de pedágio etc… e do meu lado preservar as boas relações na essencial tarefa de cliente e fornecedor, mesmo que esta esteja muitas vezes passando desapercebido pela maioria. Mas é meu dever fazer o melhor para todos…mas como??? Você já viu um grupo de moto juntos? Já percebeu como eles pilotam? Sim, cada um com um estilo. E isso talvez seja o ponto mais difícil de equalizar num tour guiado; a velocidade na estrada.  Eu confesso a você que mesmo com tanta experiencia ainda não desenvolvi uma fórmula teórica, mas na prática tem funcionado…eu acho.  E por isso eu classifico os pilotos em Moto Turistas e Moto Ciclistas, nenhum é melhor que o outro, mas eles tem propósitos totalmente diferentes nas viagens e isso me alegra, pois vejo que meu produto agrada a mais gente.

 

O Moto Turista vai de moto para fazer parte da paisagem, carrega câmeras boas, para, tira fotos, está pouco preocupado com a potência ou modelo de pneu de sua moto, quer saber de guardar memórias visuais, ou seja, para ele a moto é o meio perfeito de fazer turismo, enquanto para um outro grupo, o turismo é o modo perfeito para se usar uma moto! E neste caso a ordem dos fatores continua não alterando o resultado que é a satisfação pessoal. O Moto Ciclista como eu generalizo, é o camarada que quer desenhar cada curva com perfeição, que percebe o tipo de asfalto, que gosta da pilotagem, liga menos para o gosto do chocolate local do que para a condição da estrada, muitas vezes não leva câmera, exceto as de capacete, e está lá pelo amor à motocicleta num cenário perfeito. Cansei de ver cliente ir para tour de 15 dias sem câmeras e até mesmo para tour de 90 dias sem câmera fotográfica…mas “ele” comprou uma no caminho kkk.

 

Eu costumo dizer que seu eu “puxar” o grupo a 200kmh sempre virão 50% dos clientes atrás. A famosa “turma da pimenta”, como eu carinhosamente chamo essa turma.

 

E como é de se esperar pelo comportamento humano em achar que a grama do vizinho é sempre mais verde…um costuma experimentar o estilo do outro e no fim o motivo maior da viagem já não é a estrada, ou a cidade e sim a energia de um grupo de pessoas juntas fazendo daqueles os seus melhores dias, vivendo experiencias e trocando ideias e o que fica nem sempre são as curvas caprichosamente desenhadas ou as fotos espetaculares, mas sim as relações pessoais, culturais e viscerais com aquele destino e a convivência alegre. Porque viajar em uma moto ainda é a coisa mais incrível para se fazer nesta vida, independente do propósito.

 

Erik Carnevalli

ALIVE MOTO TOURS

A ALIVE Moto Tours oferece os roteiros de moto mais espetaculares, baseados na larga experiência e conhecimento acurado dos destinos. Fazendo seu sonho virar realidade, desenvolvemos roteiros fascinantes, viáveis, de custo acessível, com total segurança e alto padrão de qualidade - itens que garantem a realização do seu sonho.

INFORMAÇÕES

  •    +55 (11) 98985-1609

  •    cecilia@alivemototours.com.br

  •    info@alivemototours.com.br

NEWSLETTER

Inscreva-se para receber os novos tours e novas datas.





Todos os Direitos reservados. É proibido qualquer cópia ou reprodução total ou parcial de roteiros, fotos, vídeos e textos sem o nosso consentimento prévio por escrito. Para solicitar uso escreva para info@alivemototours.com.br | Desenvolvimento: Brief Comunicação